João Fabio Bertonha

fabiobertonha@hotmail.com

Haddad e o IPTU

Lendo jornais que não vi durante as festas, entendo melhor o lance do Haddad e do IPTU. Todo mundo já sabe o que deu, mas fico espantado (e acho incrivel, na verdade, eu ainda me espantar) de como o Estado brasileiro existe realmente para os que tem e não para os que vivem à margem. O IPTU proposto daria um pequeno alivio a quem não tem nada e faria quem lucrou muito com a bolha imobiliária pagar um pouco mais, mas, salvo uma ou outra exceção, não faria nem cócegas para eles.

Politica tributária é um ótimo instrumento de justiça social. Mas isso foi rapidamente combatido, julgado e bloqueado. E continuamos a não ter um verdadeiro imposto sobre propriedade e renda especulativa e a tributar investimentos produtivos, renda do trabalho e consumo.  O Estado brasileiro, mais do que privatizado, precisaria mesmo era ser estatizado. E o fato do Haddad ser uma potencial estrela do PT em pleno coração do PSDB (esse reino que se estende de Minas ao Paraná, com o coração em SP) a ser destruída a qualquer custo também não pesou? Só não vê quem não quer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informação

Publicado em janeiro 7, 2014 por .
%d blogueiros gostam disto: